quarta-feira, dezembro 27, 2006

Sabe-me.

Sabe a verde, a cegonhas, a árvores. A árvores, a cegonhas, a verde outra vez. Sabe a fumo. Sabe delicadamente a fumo. Sabe deliciosamente a fumo e a frio na ponta do nariz. No nariz, no cabelo, nas mãos inteiras. Nos corpos gelados inteiros. Sabe a vozes altas, a gargalhadas imensas, às saudades que vão morrendo lá atrás. Sabe a lareira, a círculos vermelhos e elipses vermelhas e círculos vermelhos e elipses vermelhas na ponta de um pauzinho tosco de madeira. Sabe a torradas e bolotas. A pão verdadeiro. A azeite amarelo a sério. A azeitonas pequeninas e pretas. A amêndoas, a chocolate, a mel. A frutas a fingir. A caramelos e chupas-chupas num saco de plástico transparente. Sabe à manta de retalhos da minha avó. Vermelho, azul, cor-de-laranja, verde, roxo, amarelo e violeta. Sabe aos teus olhos tão grandes. Sabe às mãos enormes e fundas do meu avô. Ao abismo de coisas que tens nas mãos. Ao riso do meu avô. Ao assobio sempre igual do meu avô. Sabe a avô. Sabe tanto a avô. Sabe mesmo mesmo a avô. Aos teus abraços apertados como se não existisse amanhã. Tu dizes cada vez tenho mais saudades. E eu sorrio e eu rio e desenho círculos vermelhos e elipses vermelhas e círculos vermelhos e elipses vermelhas na ponta de um pauzinho tosco de madeira. E cada vez tenho mais saudades. Como se não existisse amanhã.


E juro que me sabe mesmo a vermelho, azul, cor-de-laranja, verde, roxo, amarelo e violeta.

segunda-feira, dezembro 25, 2006

... a que sabe o Natal?

sábado, dezembro 23, 2006

=)

terça-feira, dezembro 19, 2006

Até Ele sabe que são diferentes...

(num Hospital Júlio de Matos perto de si)

António - Olha quem vem ali... O meu amor!...

Eu - Amor não, António! O meu amor é outro...

António - Pronto... Está bem... Então és a minha paixão!

Eu - (e há falta de resposta, só me pude rir)

sexta-feira, dezembro 15, 2006

... e agora?

.
.
.
Agora?...
.
.
.
… um telhado e um colchão.

(E frio.)

domingo, dezembro 10, 2006

(PS...)

… Eu acredito no Manuel, que está sozinho.
Para o Manuel, um é uma multidão
e uma voz são todas as vozes que ele pode escutar.

Para o Manuel, um são dois e dois são mil…,
e mil são mais que suficientes
para fazer de uma ideia imaginada uma certeza um pouco menos ácida.

(… porque no dia em que encontrou o mel no fundo do frasco de vidro transparente, entranhou-se no gesto essa estranha maneira de existir para o mundo e o seu (d)eu(s) deixou-se ficar…).

sábado, dezembro 09, 2006

... e que segredos é que a tua almofada tem para contar?

Naquela manhã, quando estávamos os dois perto daquela janela de grades, onde o sol passa com dificuldade, o Manuel* confessou-me:

- Tenho poderes!...

- Que poderes, Manuel?

- Os de Deus!... E vou-te dar um carro!

(…)

- Ouvi-o dizer que amanhã me vou embora…

- Hum… Quem te disse que te ias embora?

- Ele… o Deus!

- Então, mas o Deus não eras tu?

- Não! Eu tenho os poderes iguais aos dele, mas eu não sou ele… Somos Dois!…

(…)

Se acreditar num Deus é difícil, quanto mais em dois! Mas, como negar a sua existência, quando Ele nos promete baixinho ao ouvido que amanhã o sol deixará de ter sombras?

[*nome fictício]

... acredito que o mundo sobrevive bem sem ele.
(Vai dai, que importa se existe?)
... Mas lá existir existe, ou não havia tanta gente a falar para ele. Nem que ele seja só uma crença de todas essas pessoas. E isso faz com que exista. E torna-o poderoso.
Ainda assim, não creio que haja Deus em mais que crença de vontade. Mas também essa é a mais importante, é a que nos faz mover (ou devia...).

Para mim, agora, talvez sejam os sentimentos que tenho pelas pessoas que a mim chegam. É neles que me confio. Neles, no silêncio e no escuro.
... invento-o todos os dias .


E hoje, por exemplo, é um bocadinho de mel (um bocadinho mesmo pequenino), no fundo de um frasco de vidro transparente, num armário que cheira a madeira velha e a rebuçados de mel, numa cozinha tão grande tão grande (tão tão grande) que não existe já, a não ser quando fecho os olhos com força e tu me perguntas sobre o meu (d)eus.

sexta-feira, dezembro 08, 2006

... o (t)eu.
... que (d)eus?
… acreditas em Deus?

domingo, dezembro 03, 2006

[pausa para café]

Já há brilhos por todo o lado! Na minha esquerda, mas também no meu lado direito, sou encandeada por luzes de época - a natalícia. (...) Nos (M)etros 'percorridos' todas as manhãs, reparo nos rostos que se escondem atrás das golas-altas e com eles, as 'luzes' e os 'brilhos' dos sorrisos.

Hoje, Domingo de estudo, também não vi ninguém sorrir e, curiosamente, as golas-altas não me saltaram à vista. Distracção ou incoerência de discurso, aconteceu-me! Concluo, portanto, destas minhas letras ordenadas segundo uma lógica sem sentido, que este Domingo, desenhou-se no meu calendário como um dia cinzento e vazio de emoções positivas. Se me preocupa? Claro que não! É só mais um dia que se dilui num Dezembro que chega devagar (até demais).


O encanto de Hoje, resume-se às bonitas músicas que perturbam o silêncio instalado no meu quarto...



[Nota-se que a matéria que está atolada em cima da minha secretária é de Saúde Mental? Não, pois não?]

domingo, novembro 12, 2006

E eis as minhas respostas!

Inverno
Outono
Lua
Frio
Mar
Pedra
Caneta
Jornal
Livro
Um
Passado
Agora
Papel
Preto e Branco
Amor
Planetas
Pequeno
Noite
Caminho
Campo
Barco
Carta
Açúcar
Chuva
Velho
Preto e Branco
Recortar
Vento
Chá
Preto
Sorriso
Choro
Liso
Azul
Palavras cruzadas
Frase
Álvaro de Campos
Silêncio
Abraço
Chão
Espiral
Sótã
Janela
Microscópio
Cão
Olhos
Mãos
Árvore
Vivo
Mulher
Se
Descalço
Sol
Sensual
Prosa
Cinema
Salgado
Eu

Sabem como é, a meditação é necessária, daí a demora!* [[ ]]

… No dia amarelo pela estrela ácida, rodaste a forma do sentir e seguiste-me pelo meu outro lado. Disseste ‘vamos’ e, do centro desse poema, saiu este grito-vómito que me trouxe ao fora, a lembrar os sorrisos que ainda nos esperam.

… Ao grito-vómito, que sempre acrescenta algo de bonito.

Aos 365 dias do nosso blog.

Às mãos que o tornam e lhe (re)tornam.

quarta-feira, novembro 08, 2006

Programinha musical*

"SIATA EVENTOS" anuncia... ;)

Concerto TORANJA
Casino Lisboa
13-Nov, 2ª feira
22h
Entrada livre

Se estiverem interessados avisem, para combinarmos encontro por lá... :)


... Enquanto não chega o dia...

* Outro Mundo *

Queres-te a ti
A subir
Sem parar

Queres comer
Queres roer
Queres ganhar

À frente há sempre a razão

Podiamos tentar viver noutro mundo onde fosse fácil deixar para trás...
estamos juntos mas tão pequenos e tudo maior do que nós!!

Queres amar
Sem sofrer
Sem cair

Queres vender
Sem comprar
Queres fugir

Onde é que vem o coracao?

Podiamos tentar viver noutro mundo onde fosse fácil deixar para trás...
estamos juntos mas tão pequenos e é tudo maior do que nós,é tudo maior do que nós!

A gente quer é cantar
A gente quer é dancar
A gente quer é saber
O que nao ha para fazer...

A gente quer é olhar
A gente quer comentar
A gente quer criticar
Quem se tenta mexer...

Farto do tempo
Pedaços de gente
a andar por aí...

Farto do escuro
Sou resto de sol
farto de mim.

Toranja

terça-feira, novembro 07, 2006

Eu. Hoje.

Inverno ou Verão
Outono ou Primavera
Sol ou Lua
Quente ou Frio
Rio ou Mar
Areia ou Pedra
Caneta ou Lápis
Revista ou Jornal
Livro ou Quadro
Um ou Mil
Passado ou Presente
Agora ou Depois
Computador ou Papel
Preto e Branco ou Cores
Amor ou Amizade
Estrelas ou Planetas
Pequeno ou Grande
Dia ou Noite
Estrada ou Caminho
Campo ou Praia
Barco ou Comboio
Carta ou SMS
Açúcar ou Canela
Chuva ou Nuvens
Novo ou Velho
Preto e Branco ou Sépia
Recortar ou Colar
Vento ou Brisa
Café ou CháPreto ou Branco
Sorriso ou Riso
Gargalhada ou Choro
Liso ou Áspero
Azul ou Verde
Palavras cruzadas ou Sudoku
Palavra ou Frase
Álvaro de Campos ou Alberto Caeiro
Silêncio ou Gritos
Abraço ou Beijo
Chão ou Tecto
Espiral ou Recto
Cave ou Sótão
Janela ou Porta
Telescópio ou Microscópio
Cão ou Gato
Olhos ou Boca
Mãos ou Pés
Flor ou Árvore
Vivo ou Morto
Mulher ou Homem
Se ou Mas
Calçado ou Descalço
Lareira ou Sol
Esquerda ou Direita
Bonito ou Sensual
Prosa ou Poesia
Cinema ou Teatro
Doce ou Salgado
Eu ou Tu

Hoje é isto.
Amanhã... não sei.

sexta-feira, novembro 03, 2006

Verão, Outono, Lua, Quente, Mar, Areia, Lápis, Jornal, Quadro, Um, Presente, Agora e Depois, Papel, Preto e Branco, Amor, Estrelas, Pequeno, Noite, Caminho, Campo, Praia, Barco, Comboio, Carta, Canela, Chuva, Velho, Preto e Branco, Recortar e Colar, Vento, Chá, Preto, Sorriso, Choro, Liso, Verde, Palavras cruzadas, Palavra, Alberto Caeiro, Silêncio, Abraço e Beijo, Chão, Espiral, Sótão, Porta, Telescópio, Gato, Olhos, Mãos, Árvore, Vivo, Homem, Se, Descalço, Lareira, Esquerda, Bonito, Prosa, Cinema, Doce salgado, Eu e Tu

quinta-feira, novembro 02, 2006

(Às vezes tenho vontade de escrever aqui mas depois não escrevo porque não sei o que quero escrever e não sei se será lido ou fará sentido e então não escrevo e perdem-se as coisas que eu podia aqui escrever quando tenho vontade de escrever e não escrevo por não saber dos dedos e não saber se alguém lê ou se eu leio ou se vale a pena escrever as coisas que nem eu vou ler porque não vale a pena ler as coisas que se escrevem só porque se tem vontade de escrever mas não se pode dizer nada à falta de não se saber dos dedos que tanto me podiam ajudar a escrever as coisas que às vezes aqui quero escrever.)

quarta-feira, novembro 01, 2006

As minhas respostas...


Inverno

Outono

Lua

Frio

Rio

Pedra

Caneta

Jornal

Livro

Um

Passado

Depois

Papel

Preto e Branco

Amor

Planetas

Pequeno

Noite

Caminho

Campo

Comboio

SMS

Açúcar

Chuva

Velho

Preto e Branco

Recortar E Colar

Vento

Chá

Preto

Sorriso

Choro

Áspero

Verde

Palavras cruzadas

Frase

Álvaro de Campos

Gritos

Abraço

Chão

Espiral

Sótão

Porta

Telescópio

Cão

Boca

Mãos

Árvore

Morto

Mulher

Mas

Descalço

Lareira

Esquerda

Sensual

Prosa

Cinema

Salgado


Eu

terça-feira, outubro 31, 2006

Inverno ou Verão
Outono ou Primavera
Sol ou Lua
Quente ou Frio
Rio ou Mar
Areia ou Pedra
Caneta ou Lápis
Revista ou Jornal
Livro ou Quadro
Um ou Mil
Passado ou Presente
Agora ou Depois
Computador ou Papel
Preto e Branco ou Cores
Amor ou Amizade
Estrelas ou Planetas
Pequeno ou Grande
Dia ou Noite
Estrada ou Caminho
Campo ou Praia
Barco ou Comboio
Carta ou SMS
Açúcar ou Canela
Chuva ou Nuvens
Novo ou Velho
Preto e Branco ou Sépia
Recortar ou Colar
Vento ou Brisa
Café ou Chá
Preto ou Branco
Sorriso ou Riso
Gargalhada ou Choro
Liso ou Áspero
Azul ou Verde
Palavras cruzadas ou Sudoku
Palavra ou Frase
Álvaro de Campos ou Alberto Caeiro
Silêncio ou Gritos
Abraço ou Beijo
Chão ou Tecto
Espiral ou Recto
Cave ou Sótão
Janela ou Porta
Telescópio ou Microscópio
Cão ou Gato
Olhos ou Boca
Mãos ou Pés
Flor ou Árvore
Vivo ou Morto
Mulher ou Homem
Se ou Mas
Calçado ou Descalço
Lareira ou Sol
Esquerda ou Direita
Bonito ou Sensual
Prosa ou Poesia
Cinema ou Teatro
Doce ou Salgado
Eu ou Tu

domingo, outubro 29, 2006

… Porque o blog está parado,

(e porque o jantar de hoje soube bem.)

… apetece ficar.

Na falta, uma lista de palavras...
Antiga. Por mim e pela Raquel. Um dia qualquer num fim de tarde.

É bom.

Um abraço pequenino aos inventores da chuva natural e da electricidade em pó.
(eles estão sozinhos e dói...)

Um beijinho para vocês…

Gosto-vos.




(PS – Sabem as regras: em jeito das antigas terapias de grupo, basta escolher uma palavra de cada par…)
.
.
.
.
Inverno ou Verão
Outono ou Primavera
Sol ou Lua
Quente ou Frio
Rio ou Mar
Areia ou Pedra
Caneta ou Lápis
Revista ou Jornal
Livro ou Quadro
Um ou Mil
Passado ou Presente
Agora ou Depois
Computador ou Papel
Preto e Branco ou Cores
Amor ou Amizade
Estrelas ou Planetas
Pequeno ou Grande
Dia ou Noite
Estrada ou Caminho
Campo ou Praia
Barco ou Comboio
Carta ou SMS
Açúcar ou Canela
Chuva ou Nuvens
Novo ou Velho
Preto e Branco ou Sépia
Recortar ou Colar
Vento ou Brisa
Café ou Chá
Preto ou Branco
Sorriso ou Riso
Gargalhada ou Choro
Liso ou Áspero
Azul ou Verde
Palavras cruzadas ou Sudoku
Palavra ou Frase
Álvaro de Campos ou Alberto Caeiro
Silêncio ou Gritos
Abraço ou Beijo
Chão ou Tecto
Espiral ou Recto
Cave ou Sótão
Janela ou Porta
Telescópio ou Microscópio
Cão ou Gato
Olhos ou Boca
Mãos ou Pés
Flor ou Árvore
Vivo ou Morto
Mulher ou Homem
Se ou Mas
Calçado ou Descalço
Lareira ou Sol
Esquerda ou Direita
Bonito ou Sensual
Prosa ou Poesia
Cinema ou Teatro
Doce ou Salgado
Eu ou Tu

terça-feira, outubro 17, 2006

Mariza - Coliseu dos Recreios (1 de Novembro)

Para os interessados, aqui segue um link onde é possível encontrar mais detalhes acerca do concerto, nomeadamente no que respeita a preços e distribuição dos lugares:

http://www.coliseulisboa.com/evento.php?id=213#

Até ao final do dia de hoje (18 de Outubro), seria bom que ficasse decidido qual a nossa preferência acerca dos lugares, para que se comprassem os bilhetes na 5f (19 de Outubro). Aparentemente, parecem ser razoáveis:
  • ... Galeria, em pé (20€);
  • ... Camarotes de 2ª frente (28€ por pessoa), na eventualidade de sermos 6.

... Gostaria de saber o que preferem ou se encontram uma alternativa mais favorável. Por isso, manifestem-se e assim chegaremos a um consenso.

Beijinhos-Beijinhos,

quando já só a chuva troveja na minha janela

Plim!... * Plim!.... *

domingo, outubro 01, 2006

Hoje, dia 1 de Outubro, é o Dia Mundial da Música.

=)

(… e não são todos, afinal?)

.

terça-feira, setembro 12, 2006

"Have you ever watched kids"

…. on a merry-go-round?

Or listened to the rain slapping on the ground?

followed a butterfly's erratic flight?

Or gazed at the sun into the fading night?

You better slow down.

Don't dance so fast.

Time is short.

The music won't last.

Do you run through each day on the fly?

When you ask "How are you?"

Do you hear the reply?

When the day is done do you lie in your bed

With the next hundred chores Running through your head?

You'd better slow down

Don't dance so fast.

Time is short.

The music won't last.

Ever told your child, we'll do it tomorrow?

And in your haste, not see his sorrow?

Ever lost touch, Let a good friendship die

Cause you never had time To call and say "Hi"?

You'd better slow down.

Don't dance so fast.

Time is short.

The music won't last.

When you run so fast to get somewhere

You miss half the fun of getting there.

When you worry and hurry through your day,

It is like an unopened gift. thrown away.

Life is not a race.

Do take it slower

Hear the music

Before the song is over.


(Author unknown)

domingo, setembro 10, 2006

Hoje, agora, apetece sorrir.

Ou será que já sorria?

Gosto.

=)

quinta-feira, agosto 31, 2006

E uma Japonesice?

Já que ainda estamos em período de férias, (por enquanto) que tal uma ida ao Tokyo Lisboa para a semana que vem?

Aceitam-se propostas mais precisas (ou será exactas?)

By the way,
Quando assim o desejarem, e tempo tiverem, dêem um saltinho por aqui: http://telefonepreto.blogspot.com

"Sic itur ad astra"

quarta-feira, agosto 30, 2006

A Floribela é que é!!!

Queria aqui partilhar convosco algo que me têm deixado deveras aflito. E hoje ainda mais do que nunca. Como alguns de vós poderão ter a infelicidade de saber, existe um fenómeno novo neste país, e este chama-se Floribela, que conta a história de uma rapariga (que eu presumo que tenha um leve atraso mental) que canta que tem tudo mas não tem nada (reparem na profundidade deste aparente paradoxo), ela tem TUDO, mas NÃO TEM NADA. Note-se que isto está gramaticalmente correcto, porque a negação da negação será a afirmação (não ter nada corresponde a ter tudo). O que esta miúda está a fazer é essencialmente gozar com a nossa cara, quase a consigo ver a pensar "ah ah ah, eu sei de gramática e vocês não". Por um lado isto até faz sentido, já que o público alvo dela se regista entre aqueles que ainda não falam e os que ainda não pensam. (O que explica e muito o sucesso desta história neste país). Bem, o meu problema não assenta aqui, a grande questão é o uso e abuso por parte da SIC em por crianças e menos crianças a cantar as músicas desta moçoila. Vocês poderão dizer que eu so tenho e de mudar de canal, mas como o meu comando não tem pilhas e eu sou preguiçoso para caraças, verão o meu dilema.
Hoje então assisti a um evento cataclísmico, um sujeito apareceu na televisão a cantar tais temas floribélicos, esse sujeito chama-se Marco!
Como poderão perceber, isto foi a gota de água, o meu nome não será arrastado na florilama por causa disto, por isso ficam já todos os Marcos deste planeta avisados, se se atreverem a sequer assobiarem para o ar tais coisas eu irei pessoalmente com o meu fiel companheiro BPDP (Bastão Para Dar Porrada) e ensinar-vos a serem Homens!!!
Outra coisa, não sei se se lembram, mas na nossa meninice, as séries de grande sucesso assentavam essencialmente em porrada (Dragon Ball, Tartarugas Ninja, MotoRatos de Marte, Transformers (e até a Navegante de Lua)), o que obviamente fez de nós todos homens de barba rija (excepto as mulheres, a não ser que o escondam bem). Agora as séries de sucesso são todas (para ser o mais descritivo possível) para maricas! Em que irá dar isto? Iremos ter toda uma geração de mariquinhas?! Cá estarei para o ver, e se tal vier a acontecer, para processar a SIC.
Obrigado pela vossa atenção

quarta-feira, agosto 09, 2006

Saudade


Where'd You Go (Featuring Holly Brook)
By Fort Minor
BestVideoCodes.com

domingo, julho 30, 2006

Errata =p

Praias de São João!! Praias de São João!! Praias de São João!! Praias de São João!!
desculpem mas só agora percebi [com a ajuda fundamental da Filipa] que a praia que fica à direita de quem está virado para o mar não tem "nova" no nome, mas antes "São João" ;) de qualquer forma, se ainda persistirem algumas dúvidas, contactem a minha pessoa ou restante staff do blog.
see you! [de preferência de bikini ou calção de banho, pois será bom sinal =)]

sábado, julho 29, 2006

Segunda-feira lá estarei!... =p

sexta-feira, julho 28, 2006

NoN-StOp SuMmEr '06

Informamos os interessados que na próxima semana temos praia combinada durante os diazinhos todos!
Além do sol da Costa da Caparica, contamos também com a sombra que tem para nos oferecer no Parque de Sto. António e onde contamos passar uns bons momentos na 'hora do cancro'! ;) vai daí, o programa das festas resume-se ao seguinte:
Das 10h-12h Praias de São João (*)
Das 12h-15h Parque de Santo António
Das 15-19h Praias de São João (*)

E tudo isto de segunda a sexta-feira sem dias de descanso**!!!

Apareçam! =)


* não sei o nome da praia, mas é a que fica no final do paradão e à direita de quem está posicionado de frente para o mar, boa? =D
** salvo ocorrência de imprevistos, cujas repercursões aqui serão anunciadas

terça-feira, julho 04, 2006

Aberto Concurso para 3ªFeira | Piscinas de Setúbal, ao ar livre, cadeiras da moda, relva, chapéus de sol fashion e 3 piscinas!

Caros siatenses,
está aberto um concurso para uma ida e VOLTA, dia 11 de Julho - 3ªFeira-, desde as 9h até às 19h para as fantasticas e mirabulásticas piscinas de Setúbal!!!

E não é só!!

O transporte é o meu pópó, pelo que para já só há 4 vagas! Mas espera-se o patriocinio de mais transportes!

E não fica por aqui!!

Quem puder ir é favor confirmar a sua presença junto da minha pessoa, pessoalmente, por aqui, por mensagem, por telefone ou fax!


E se ligar nos próximos MOMENTOS recebe não 1, mas 2!! Sim, acredite, 2!!


PS: Aceitam-se inscrições até 5ªfeira, a partir do qual o concurso é fechado! Acredite, é mesmo verdade, FECHADO!


Um abraço e um bem-haja,

João Martins
(Agente oficial SIATA)

quarta-feira, junho 28, 2006

‘Cá dentro, um sinal…’


Escutei um dia aquela voz
Cuja vibração me acolhia.
E então fui saber,
Se podia,
Aquela voz que me acolhia
Apagar eternamente
Aquele tormento
Que sobre mim recaía.
E assim,
A escuridão que existia
Mas que parecia não sumir
Depressa,
E apenas num só dia
Começou a sair
De dentro de mim.

Então suspirei
E perguntei
De onde vinha aquela voz,
Que um dia senti
E me confortou.
E num instante apagou
Aquela inquietação
Presente no meu coração.

Mas foi então que percebi
E compreendi
Que aquela voz
Que um dia me sorriu
E aplaudiu
Tinha estado sempre aqui,
Dentro de mim.

É um sinal que se fez
E está presente.
É uma força que não vês
Porque parece ausente.
É virtude de quem busca a vida
E não se cansa.
Sempre erguida,
Irradia esperança!

sábado, junho 24, 2006

Mar



Escuto aquele silêncio insistente
Que num esbater de ondas é quebrado.
E fui sonhar
Relembrar
A substância misteriosa
Escondida naquela harmoniosa
Cantiga indefinida
Que os homens respiram
Saúdam
Contemplam:
Sois profundo e intenso
Infinitamente enigmático.
Porque em ti todos os segredos se escondem
Porque os guardas
Não os desvendas…

É para ti que me dirijo,
Se a nostalgia me invadiu.
É para ti que me viro,
Se uma inquietação me consumiu:
Sois um fascínio
Somente beleza
Porque existes,
Com certeza.
Sois a mistura de um abrigo
Entrelaçado infindavelmente
Numa força resistente.
Sois vida,
Sois natureza!
=)


* Joãozinho, vai fazer o diariozinho de preventiva!

Nothing In My Way (Live)
By Keane
BestVideoCodes.com

sexta-feira, junho 23, 2006

T e n h o v o n t a d e de ( m e ) v o m i t a r.

sexta-feira, junho 09, 2006

segunda-feira, junho 05, 2006

- Oi! Tudo bem?
Sim.

domingo, junho 04, 2006

por isso é que, fartos de dores que vêm e voltam, e em dias em que o nevoeiro teima em não levantar, pegamos em telefones, falamos, combinamos idas e passeios. tudo com datas, horas e minutos marcados com precisão, tanto da partida como da chegada. mesmo que sejam só escutados e nunca cumpridos, deu para rir e para chorar acompanhado.
Só as acções têm o poder de alterar o que sentimos. nem o que pensamos, nem as palavras (essas só aliviam a dor por um curto tempo, pois iludem a mente).
mas o blog serve para isso mesmo: para "entreter" e pouco mais. tão 'pouco mais' que pouco ou nada se escreve ou diz. doi sem 'a'.
eles gostam de hábitos, de rotinas, de não pensar sobre isso. até ao extremo. até ao fundo pesado e escuro de chorar sem perceber já o porquê de continuar desta forma. Mas porque quando tiver de mudar mudará, assim continuam. à espera que mude, a aproveitar o que se pode fazer deste sítio.. esquecer o triste, enganarmo-nos, ver os sonhos, as estrelas, entreter os segundos. um passo mais que isto e já "doia". se calhar nem há assim tanto que se possa fazer para sair daqui, quem saberá.

sexta-feira, junho 02, 2006

eles ficavam parados. doia muito quando algum segmento corporal desafiava a força da gravidade. só o tempo lhes tocava. procuravam sorrisos no céu. mas estava escuro. e frio.

quinta-feira, junho 01, 2006

Agora vou esconder-me ali atrás de uma mesa e ficar caladinha.

Até mais.
Assim sendo, acho que vou continuar a fazer bolinhas de sabão.

Mes pieds

Acho que eles se esqueceram de mim

(ou então foi outra coisa)

quarta-feira, maio 31, 2006

(des)colorir

É... às vezes, fico triste.


Depois esqueço-me

e quase passa.

sexta-feira, maio 19, 2006

eh...

la la la....la la la....la la la....la la la...
isto de facto anda mesmo morto...
alguém quer-se juntar a mim e dar vida a este espaço?
CONTO com RESPOSTAS....LOL

terça-feira, maio 09, 2006

Sim, SIM, SIM, SIMMMMMMMMMMMM!
Aqui vou ser Feliz!!!!

Porque a vida são momentos vividos com grande intensidade...

Para ser grande, sê inteiro: nada
Teu exagera ou exclui.
Sê todo em cada coisa. Põe quanto és
No mínimo que fazes.
Assim em cada lago a lua toda
Brilha, porque alta vive.

(Ricardo Reis, poemas de Fernando Pessoa)

segunda-feira, abril 24, 2006

Como acabará esta história?


... Perigo. Aventura. Medo. Coragem. Bravura. Audácia. Arrojo. Risco. Pânico. Terror…

domingo, abril 23, 2006

SOCOOOOOOOOOOOOOORRO! Não consigo mais! aireqrjhswqiheuwhersakmndsa Blargh, bioquímica sabe a bolinhos secos sem açúcar!

sexta-feira, abril 21, 2006

LOL, definitivamente!...*
Definitivamente... TRÓIS!
... Eu diria TROLLS!... Afinal, um estrangeirismo dá sempre um ar mais in à coisa... =P*

(o mesmo que nada)

Nós somos uns troles!

(ou tróis?)

(caracol-caracóis, lençol-lençóis,...)

quarta-feira, abril 19, 2006

Segredo

Sei um ninho.
E o ninho tem um ovo.
E o ovo, redondinho,
Tem lá dentro um passarinho
Novo.

Mas escusam de me atentar:
Nem o tiro, nem o ensino.
Quero ser um bom menino
E guardar
Este segredo comigo.
E ter depois um amigo
Que faça o pino
A voar...

Miguel Torga

domingo, abril 16, 2006

... e os ovos da Kinder são o melhor da Páscoa.

terça-feira, abril 11, 2006

Por muito tempo achei que a ausência é falta.
E lastimava, ignorante, a falta.
Hoje não a lastimo.
Não há falta na ausência.
A ausência é um estar em mim.
E sinto-a, branca, tão pegada, aconchegada nos meus braços,
que rio e danço e invento exclamações alegres,
porque a ausência, essa ausência assimilada,
ninguém a rouba mais de mim.

Carlos Drummond de Andrade

...um poema, no nosso cantinho*

segunda-feira, abril 10, 2006

Às vezes não me apetece ter saudades.

sábado, abril 08, 2006

domingo, março 26, 2006

segunda-feira, março 20, 2006

Luto

Siatenses, venho lamentavelmente informar por este meio, que aquele cujo nome não pronunciamos ... entrou em coma. a morte está próxima. diz-se que já vê a luz. é triste quando ainda nos lembramos dele a brincar com os legos, a andar no baloiço, a subir às àrvores, a correr pela relva, a sorrir nos nossos braços, a rejubilar com toda aquela vida.. Ainda me lembro de o precaver: "Não corras tanto, olha que ainda cais!" Mas ele nunca me ouvia... Oh meu Deus, como podes ser tão cruel?! Foram outros tempos, tempos de paz e de alegria, de vida e saudade, que foram brutalmente arrancados da sua existência... façamos Luto.

domingo, março 12, 2006

Gala Médica 2006


Ora, ora... isto tem de ficar aqui!...

(Para o ano, ninguém falta. Combinado?.. =P Um beijinho a todos... *)

Esta é especialmente para as meninas...

Hey, olá a todos!

O novo link adicionado ali no cantinho do lado direito – made by me – diz respeito a um site de colares, brincos e afins feitos pela Ana, a irmã do Zé. Dêem uma espreitadela e, se quiserem alguma coisa, já sabem…

Um beijinho a todos… =)*

PS – Este blog tem andado tão mortinho… Será o espírito aventureiro dos ilustres membros da SIATA a esmorecer devagarinho?...

domingo, março 05, 2006

Ja que se fala em japonês =P

Ahhhh, finalmente lembrei-me do nome dakele molho verde esquisito, senão estou em erro akilo chama-se "wasabi", é picante, mto picante e é feito de uma planta com o mesmo nome. Comemos sushi, em algumas variantes,"sashimi" (o arroz com o peixe em cima) e o "makemono" (os rolinhos, que são feitos com arroz, peixe ou vegetais e algas). Além de peixe crú embebido em soja. By the way, o tofu é uma criação japonesa, é é simplesmente soja esmagada. =P
Bebeu-se sake (licor de arroz) e massas de vaca e frango (que estavam algo de fenomenal). Além de umas espetadinhas k fizeram as delícias de quem as comeu. Resumindo e concluindo, temos de lá voltar o quanto antes =P e se possível que venha muita mais gente =P.
Ah, deve-se salientar que depois coroámos este festim de hidratos de carbono com um fondue de chocolate. (já pediu desculpa ao seu fígado?) =P

quarta-feira, março 01, 2006

Para os interessados - e já que se falou nisso no fabuloso almoço no restaurante japonês - aqui fica o link para o tal jogo viciante "Le Troca":
... agora, quando não quiserem estudar, apenas por vício ou simplesmente porque não têm nada mais interessante para fazer, já sabem!... =)* Garanto-vos que já perdi muitos minutos seguidos nisto a pensar "só mais um joguinho e depois paro"... =P*
Beijinho grande...*

domingo, fevereiro 26, 2006

Amanhã temos almoço, amanhã temos almoço… =)*

sábado, fevereiro 25, 2006

Esses pinguins são mesmo parecidos connosco, pah! Quem diria que tal bichinho tinha incutido em si o nosso conhecido espírito de carneiro?!?! Reparem no primeiro pinguim da fila. O pássaro vai a andar todo lampeiro à frente dos outros coitadinhos que o seguem, seguem, seguem... sem saberem para onde nem porquê?! É o que eu digo: os animais têm a quem sair!

sexta-feira, fevereiro 24, 2006

quinta-feira, fevereiro 23, 2006

Patxi, pa ra ra...






Plim!
=)*

segunda-feira, fevereiro 20, 2006

Já tá!

Pronto... tá feito! Já tá aí o meu nome tb. Coloquei-o cm vocês m chamam... E pra q fique bem xclarecido eu só adicionei agr n por teimosia ou "complicadisse" mas pq só tinha recebido 1 convite (e n 50 mil nem 4) e numa altura em q n percebi mt bem...lol
Adiante: xpero ajudar a q isto tenha +alguma vida pq meus senhores isto parece 1 pasmaceira =P
Greetings [ ]*

sexta-feira, fevereiro 17, 2006

CONVOCATORIA DE CINEMA URGENTE

CARÍSSIMOS,
Amanhã, SÁBADO, dia 18 de Fevereiro vamos ao cinema.
Quem puder ir, o filme é o PECADO CAPITAL (às 18h10), e é para estar no Fórum, à porta do BUGZ às 17h45!!!!

PS: Quem puder ir, agradecia-se que confirmasse a sua presença o mais cedo possivel, aqui no blog, ou por mail, ou por telemóvel, ou por sinais de fumo.

PSS: Atenção, não se esqueçam do dinheiro do bilhete, façam contas às vossas finanças e calculem bem se podem ir.

PSSS: Não utilizem autocarros da TST, já sabem no que dá! Ponderem chular boleia dos pais, amigos, conhecidos, desconhecidos; podem também ponderar assaltar um carro, raptar um taxista, chular os vossos pézinhos, não cheguem é atrasados!

PSSSS: Contamos contigo! =P
discussão sem conclusão... só mais uma, portanto =p
Cara colega SIATA,
Onde quero chegar? Onde quero chegar?
Eu quero chegar a tempo de responder aos requerimentos, mas mais importante, IR aos requerimentos! IR IR IR
Porque avisar com antecedencia que tenho broculos na barriga é fácil, o dificil é saber se realmente os tenho, e aí como poderei responder correctamente ao requerimento?

(...)

Os melhores cumprimentos,
O Realmente membro Honrado
A questão que se encontra actualmente em discussão, não reside no ponto sobre a ida ou a não ida a qualquer dos "grandes eventos" por nós organizados, certo? Relaciona-se sim [caso ainda não tenha chegado lá], na resposta, ou melhor, na sua AUSÊNCIA cada vez que somos convocados para uma qualquer actividade.
Quanto a esse assunto concreto, que espero já tenha percebido que é de todo descontextualizado, recorde-se que desde que soube de proposta para a Passagem de Ano 2005/2006 por terras algarvias, encarreguei-me de alertar a todos os meus caros colegas, a minha possivel e inevitável ausência.
Posto isto, não entendo onde o meu caro colega igualmente honroso, amoroso, prestável, acessível e disponível quer chegar com o seu ultimo post.
Cara colega da SIATA,
Você que é tão honrosa
Você que é tão amorosa
Você que é tão prestável
Você que é tão acessível
Você que é tão disponível

Diga-me

Não foi por acaso você que se baldou vergonhosamente, horrorosamente, despresivelmente e repudiantemente ao MAIOR e PRIMEIRO GRANDE EVENTO deste ANO 2006 da SIATA? - A PASSAGEM DE ANO EM SI !? Pois, ainda bem que existem bróculos! ... =P
...e haverá igualmente motivos para a diminuição progressiva de marcações de Actividades da SIATA.
Mas quanto a isso... que podemos nós fazer? A culpa não é nossa, mas dos malditos bróculos! =D

quinta-feira, fevereiro 16, 2006

Como membro honroso da SIATA, venho por este meio declarar as minhas profundas, sinceras e humildes desculpas pelo vergonhoso, indigno, repudiante comportamento dos membros da sociedade. Eu percebo que hajam algumas desculpas válidas pela ausencia de sinal de vida, ainda que existam todos estes fantásticos novos meios de comunicação. Mas ainda ontem por exemplo, eu (exemplo de toda a prontidade e dedicação) queria dar uma resposta ao requerimento de encontro, quando me deparo com falta de bateria no telemóvel! Eu sei o que eles queriam, queriam que eu fosse usar a internet da escola por causa da fuga ao fisco, mas a mim não me apanham nessa. Apanho o primeiro comboio para casa para vir à internet usufruir dos outros meios de comunicação, mas senão quando ao subir as escadas do meu prédio, me deparo com os bróculos que comi ao almoço a querem expelir-se abruptamente do meu recto. Ainda assim, tento desesperadamente ir à internet mas não consigo, não tenho tempo! Pego no telefone fixo de casa (que é móvel), e corro para a sanita mais próxima (sim, porque tenho duas, e apesar de não gostar tanto da primeira, só para terem a noção da gravidade, foi mesmo nessa que se deu a soltura).
Então, estava eu no lavabo naquela aflição, a sentir a esvaziar-me ali, a ir-me, todo o meu eu pela sanita abaixo, mas mesmo assim, tento recordar-me de um número de telefone de algum membro honroso da SIATA. Depois de uns 20 minutos daquela aflição de me tentar recordar de qualquer número (sim porque não é fácil no meio daquelas imparáveis dores rectais), lembro-me finalmente de um. E eis senão quando ao carregar no botão verde, me dá uma daquelas cólicas que parecem vindas do diabo, me escorrega o telefone da mão e aterra exactamente na solução aquosa que imaginam.
Solto mais uns gritos de dor, nem sei se pelas cólicas, se pela aflição de não conseguir responder ao requerimento, e como um verdadeiro herói (caracteristica tipica de qualquer membro honroso SIATA), levanto-me num grito de guerra, a merda fluia pernas abaixo, cheirei naquela altura a verdadeira "essência" da guerra, mas nada mais interessava que responder ao requerimento. Dou passo atrás de passo, e tento atingir o computador, sento-me na cadeira da secretária.... e ... NAOOOOOOOOOO

(...)

Desculpem, mas não posso continuar, é demasiado doloroso. As cenas que se seguem são muito agressivas a qualquer ser vivo, mas o meu ponto de vista é que há de facto razões válidas de não respondermos ao requerimento, todos entendemos isso, e depois não se fiem nas camionetas, vocÊs já sabem, as camionetas atrasam-se sempre, sem contar com as que faltam.

Quando há um requerimento a responder, não há um minuto a perder!

Tirem a carta, conduzam com prudência, cuidado com o fisco, respondam ao Requerimento!
(um conselho autorizado SIATA)

Cumprimentos honrosos,
Membro oficial SIATA

quarta-feira, fevereiro 15, 2006

Dado que este espaço é muito versátil, vou utilizá-lo para sensibilizar a malta para a necessidade de dar uma resposta [seja ela positiva ou negativa] às solicitações realizadas por parte dos membros SIATA para encontros e afins [e contra mim falo]! É preciso mesmo mudar a nossa atitude preguiçosa, não acham? E os meios que temos hoje em dia para o fazer: telefonar, sms, enviar um e-mail, deixar resposta no blog... qualquer coisa, que se formos a ver, nem custa ou demora assim tanto, não é?
Beijinhos para todos *

terça-feira, fevereiro 14, 2006

Gosto, gosto, gosto mt!!... =)

começando na intensidade e no brilho das cores... terminando no simples facto de continuarmos aqui...!!*

segunda-feira, fevereiro 13, 2006

Sim sim: muito "feliz" mesmo! Não só por causa deste new look do nosso cantinho, como também por outras milhentas coisas que me fazem "sorrir e partilhar"!...*

Só uma chamada de atenção: aquele smile a mandar beijos de língua é um bocado indecente... mas também, verdade seja dita que há que haver um toquezinho de perversidade na coisa...! Que não seja por mim que isto se torne eclesiástico...

domingo, fevereiro 12, 2006

Agora sim, sou FELIZ!

sábado, fevereiro 11, 2006

Apresento-vos o novo visual do nosso cantinho na blogoesfera!
Porque as coisas novas são importantes,
mudar. experimentar. inovar. evoluir. melhorar.
... tudo o que nos dê mais razões para sorrir e partilhar!

domingo, fevereiro 05, 2006

Um agradecimento...

Pois é...a minha estreia neste nosso espaço...=)
Não pude deixar de sorrir ao ler principalmente esta expressão, by Filipa :P "como aquela vista sobre o rio"...um momento que vou sempre recordar com muito carinho...
Um beijinho muito grande pra vocês todos!

Susana Barão

... ainda em festa.

Ah, ah!... E hoje é o dia da Susaninha…. Depois de um excelente jantar, fica ainda mais um beijinho grande, grande de PARABÉNS!... =)*

Para ti também, Susana, um excelente dia, bonito, cheio de luzinhas de Lisboa, como aquela vista sobre o rio.

Beijinho…,

Ana Filipa

sexta-feira, fevereiro 03, 2006

Muito obrigado pelos votos!
Aproveito para mandar saudades a todos, já não vos vejo há muito tempo. Eu sei, eu sei, tenho faltado às reuniões agendadas. Está prometida a minha presença no próximo encontro.

Abraços e beijinhos,

César

(PS – Por algum estranho motivo, o post aparece como tendo sido escrito ainda dia 2, mas garanto-vos – e podem confiar em mim!! – que já é dia 3, lol!...)

quinta-feira, fevereiro 02, 2006

Porque é dia de festa e tal...

Parabéns, parabéns, parabéns, parabéns….

Margarida, César…

Parabéns, parabéns…

Um beijinho assim grande, grande, como ir daqui






















... aqui!



Um dia bonito, um dia feliz, um dia cheio,...


Um grande beijinho para vocês ("ambos os dois")!... =)*


Ana Filipa
Tic-tac, tic-tac...






Faltam 45 minutos...
Neve na Costa, neve na Costa…, só mesmo nos congeladores, nos frigoríficos, nos telejornais e, para quem os tenha, naqueles globos de vidro que se viram ao contrário.

Pois é, por cá não houve. Talvez fique para uma próxima vez... Ou, quem sabe, me possas emprestar um bocadinho da tua, Ticha?... Arranjas um saco de plástico, uma daquelas malinhas térmicas que saem nos iogurtes e pronto, está feito!... Isso é que seria, como tu dizes, uma atitude de valor.

Ah!, mas caiu granizo. Se calhar não conta, mas eu gosto na mesma. Ver pedrinhas a cair do céu também é bonito e invulgar. Só é pena que derreta tudo logo a seguir. Senão até podíamos construir um igloo e ir viver como os esquimós. Arranjávamos uns pinguins (que agora, e com todas as razões para isso, estão na moda…), fazíamos uma fogueira e éramos felizes a assar marshmallows à beira-mar (ou umas febrazitas, quando a fome apertasse…).

Mas pronto…, à falta de igloos e afins, cá fico a estudar Biologia Celular, com o ar condicionado (meio estragado) a tornar o frio só um bocadinho menos insuportável.

Um beijinho a todos...*

quarta-feira, fevereiro 01, 2006

Só porque acho que é importante manter o blog actualizado, faço-vos uma pergunta que anda na ponta da lingua de toda a gente à espera de daí saltar a qualquer momento: viram nevar?
Já agora respondo: eu viiii!!! =))
ping ping ping

tum tum tum

boing boing boing

hiiiii... =)
It feels like I'm playing it alone.
Sim, sim, sim.
Não, não, não.

Hum..., se calhar.
Hey, hey, hey... =)*

sábado, janeiro 28, 2006

Nós.

domingo, janeiro 22, 2006

Certoooooooooooo =p Eram as velas do moinho! *

sábado, janeiro 21, 2006

HI HI HI! =)
As velas do moinho?... ;)
As estações do ano?... =p
Temos pena, não é nada disso. Tás mto longeeeee...

sexta-feira, janeiro 20, 2006

as semanas do mês
as semanas do mês
as semanas do mês
as semanas do mês
as semanas do mês

lá lá lá lá =)
Bem, então aqui vai outra, dado que esta nem deu pa aquecer...

São 4, andam umas atrás das outras mas não se tocam.
Boa patricia!! Isso é que é ser amiga!
Comam e bebam! A patricia paga a conta!
Almofada
Almofada
Almofada
Almofada
Almofada
Almofada

lá lá lá lá =))))))
Não posso dar mais pistas!
Aceitam-se sugestões!
Quem acertar paga o almoço de sábado a todos!!!
=P
opah não tenho a certeza... e em relação ao modo como enfrenta o dia: costuma estar animado? ou depende, por exemplo, da temperatura e dos estimulos do ambiente?
Quanto à cor pode ter a cor que quiseres, dentro das possiveis. Tem "pescoço". Pode ser grande ou pequeno, depende. Pode ter brincos, piercings, tudo o que quiseres. Quanto ao resto é confidencial.
João preciso de uma pista: é de que cor a cabeça? tem pescoço? é grande ou pequeno? costuma ou não estar enfeitado com brincos? Só aparece à noite porquê? É fotossensivel? Vive normalmente em ambiente escuro?
[Hum... acordar?!... mas já?? só mais 5 minutos!!!... vá lá...oh pa estive aqui até tarde à espera q vocês escrevessem...! agora estou com sono, ora pois claro!!! também não podiam ter escolhido uma hora melhor para me chatearem?!]

LOL... blog preguiçoso!

Ora bem...pois... só tem cabeça de noite...?!

quinta-feira, janeiro 19, 2006

Vamos lá acordar o blog!

O que é que geralmente só tem cabeça à noite ?

terça-feira, janeiro 17, 2006

Eu também! Eu também! Eu também!
Eu quero ir, eu quero ir. Eu quero ir!

domingo, janeiro 15, 2006

Encontro de Gerações

"Olá caríssimos,
Escrevo para informar que no dia 28 de Janeiro há um almoço comemorativo dos 50 anos da Emídio Navarro. Nesse dia reunem-se as gerações de alunos que frequentaram a Emídio entre 1998 e 2005. Gostaria muito de vos ver, tenho muitas saudades... Para além disso, gostaria que passassem esta mensagem a TODOS os que conhecem e que frequentaram a escola nesses anos. O evento é denominado "Encontro de gerações" e inclui almoço, passeio (para os que quiserem) e acho que animação musical etc. Para se inscreverem basta ligar para a Portaria da escola (21 272 12 10) ou enviar-me um mail. Certo? Conto convosco e com a vossa colaboração,
um beijinho grande Ana Silva"





Ora bem, um mail da Professora de Filosofia (quase que consigo ouvi-la a dizer tudo o que escreveu - há coisas que nunca mudam...), um almoço comemorativo dos 50 anos da nossa grande escola, um encontro de gerações (quase que nos faz sentir velhos, fora de moda ou algo do género, como se tivessem sido há muito tempo esses momentos de convivência regular com todos os membros da S.I.A.T.A....). Parece-me bem, estou a pensar ir... E vocês?...

Encontro de gerações: EU VOU! =P*

Bons dias, boas tardes, boas noites, bons estudos, bons estágios, bons exames..., e beijinhos para todos!... =)*

P.S. - Vá, e vamos lá ao almoço... Sempre tiramos umas fotografias e pomos as cusquices em dia, que disso é que a gente gosta, lolol.. =)*

sábado, janeiro 14, 2006

Pois...agora devem estar todos a pensar: "mas porque é que ela não deixava o blog "parado", "quieto" e "pacato"?! Que coisa!!! JIZ!..."
Descobri que tenho pulgas nos dedinhos =D e também uma vontade de abrir este espaço e de ver qualquer coisa de diferente! Ainda andei aí uns tempos em que me divertia imenso com a única coisa de diferente que se passava por aqui - o mudar de númerizinhos do counter - mas actualmente perdi esse meu fascínio que sentia ao acompanhar curiosamente o aumentar do numero de visitas do blog. Assim, resolvi postar uma teca de palhómetro. =D Mas isto não vai ficar por aqui, por isso não percam os próximos posts-palhas =) eu vou esforçar-me, juro!*
E onde é que nós vamos???
- AO FORUMMM

E o que é que vamos lá fazer???
- JANTARRR

E porquê?
- PORQUE ESTAMOS COM SAUDADESSS!!!...

...e porque há muito tempo que não vamos ao forum também =D

sábado, janeiro 07, 2006

Anda parado, este blog, quieto, pacato…

Como a música francesa ou a vontade de não estudar. Porque lá fora é sempre melhor e não escrever dá sempre menos trabalho.

Mas vê-lo assim, abandonado aos dedos sem vontade, também custa…, ainda para mais quando as visitas no final da página continuam a aumentar, mostrando que os mesmos dedos que se demoram, voltam e invertem e dobram e giram e inclinam e de novo voltam, mesmo quando nada de renovado se adivinha.

Algo de novo, então. Algo de novo para dizer que não há nada de novo. Talvez pouco original… Mas é assim, meus caros…, quando não preguiçam os dedos, preguiça a imaginação.